Quem já assistiu esse filme sabe o quanto ele pode ajudar pessoas a entenderem melhor situações que é rotina na vida de muita gente. Bora la que vem polemica por ai!

Eu sou fã da Netflix e estou sempre em busca de filmes e series que acrescentem algo novo na minha vida e que passe um bom conteúdo, afinal são tantas opções que muitas vezes assistimos e nos decepcionamos.
A indicação de hoje é para não decepcionar, é um filme e se chama: “O minimo para viver”. É um daqueles filmes que gera polemica por se tratar de um assunto pouco falado abertamente na nossa sociedade: Transtornos alimentares.


O filme gira em torno de Ellen (Lily Collins) que sofre de anorexia e que depois de tentar varias vezes se tratar, resolve dar uma chance para um novo tratamento não convencional criado pelo Dr. Willian Beckhan (Keanu Reaves).
A garota embarca em uma emocionante jornada, conhecendo outros jovens que também passam por diferentes disturbios alimentares, mostrando a vida e a rotina de pessoas que convivem diariamente com esse tipo de problema.


Titulo no Brasil: O minimo para viver
Titulo original: To the bone
Gênero: Drama/Comedia
Duração: 107 minutos
Estreia no Brasil: 14 de julho de 2017
Classificação: 14 anos
Pais: EUA
Diretor e roteirista: Marti Noxon

 

➡ Alanna Ubach
➡ Kathryn Prescott
➡ Lili Taylor
➡ Brooke Smith
➡ Ciara Bravo
➡ Retta
➡ Alex Sharp
➡ Hana Hayes
➡ Michael B Silver
➡ Rebekah Kennedy
➡ Maya Eshet

Eu assisti com grandes expectativas, gosto muito de filmes que me faça ver situações que não fazem parte da minha realidade e que trazem impacto a minha forma de ver as coisas.
O filme mostra bem claramente como uma pessoa com distúrbios alimentares vive e como eles mantem seus hábitos mesmo durante o tratamento, o que foi alvo de criticas, já que muitos disseram que ensina adolescentes a levarem esse “estilo de vida”.
Eu acho que a sociedade critica tudo aquilo que ela não esta aberta a entender, são milhares de pessoas que passam por isso todos os dias, infelizmente a sociedade impõe um padrão de beleza que esta ligado a magreza, como ser magro fosse sinônimo de saúde e beleza e isso sim leva muitos a fazerem qualquer coisa para atingir esse padrão.
Outro algo de criticas foi a cenas em que mostra corpos super magros e quase esqueléticos, mas sim, foi super necessário para dar mais força a temática do filme.

Se você assim como eu gosta de filmes fortes eu super recomendo, acho que sempre temos que buscar informações que acrescentem algo na nossa vida, tentar entender situações que não vivemos é uma forma de ajudar pessoas, identificando o problema, aprender a ter mais sensibilidade com as pessoas que tem realidade diferente da nossa, enfim, absorva o que te acrescente.

Esse foi o post de hoje, se você conhece algum filme ou seriado do mesmo estilo que esse, deixa nos comentários que vou adorar conhecer!
Grande beijo, até o próximo!

Talvez você goste

30 comments on “Filme: O minimo para viver!”

  1. Olá
    Tema com muito tabu ainda….
    Meu ponto de vista é um filme polémico, sim pois pouco se fala do assunto o q acho uma bobagem, mas enfim!
    Vou procurar sim, é do tipo de filme q mw prende q gosto de assisti.
    Bjss💋💋

  2. Ele já estava na minha listinha da netflix mas juro que eu estava sem expectativas, até ler seu post. Vou acabar antecipando esse aí e deixando outros para depois, rsrs.

  3. Minha irmã já assistiu esse filme e disse que é muito bom. Eu vou assistir em breve, gosto de filmes fortes que mostre coisas que realmente acontece. O elenco está bem legal.

  4. Não assisti ainda mas já está na minha lista… as opiniões até agora divergem muito… há quem não goste e ache monótono… e há quem ache incrível… Gosto bastante das produções da Netflix e de alguns atores do elenco… Só assistindo agora pra saber se vou gostar ou não. Boa indicação.

  5. Oiiie,Não sou muito de assistir filmes então não vou conseguir te recomendar uns rsrs desculpa,Esse eu nunca vi também ;-; mas admito que parece ser bem bacana o gênero é um dos meus favoritos se for em questão de filmes e livros então <3 pq não?

  6. Que filme interessante! Quando vi o título, achei que fosse um documentário. Tenho assistido muitos filmes com temática sobre novas formas de se alimentar e de viver. Achei que esse fosse o tema. Mas o filme parece ser muito bom. Dica anotada!

  7. Oi Jacke, tudo bem?

    Não conhecia o filme, mas só de saber que ele relata transtornos alimentares, já gostei. É difícil termos obras relatando este tipo de assunto, seja em livros ou filmes e isso precisa ser mais discutido. É bom saber que ele é forte e impactante, mostra que foi feito da realidade. Vai para a lista!

    Beijos!

  8. Hey
    Primeiro queria te elogiar pela resenha muito bem feita do filme !
    Confesso que não é um filme que me interesse muito ! Mas acho importante abordar esse tipo de assunto, ainda mais nesse mundo capitalista !
    Bjs

  9. Eu já ouvi falar desse filme e assisti rapidamente um trailler, apesar de não ser meu estio predileto de filme fiquei bem curiosa para assistir exatamente por causa da críticas, quero saber se é tudo isso que o povo fala e se tem todos esse pontos negativos que muita gente apontou rsrs

  10. Olá! gosto muito de filmes assim! A gente precisa refletir sobre as questões sociais e quanto mais realistas mais fundo será o choque que precisamos para levantar e tomar algumas atitudes na vida.

    Curti bastante sua indicação e já anotei aqui para poder assistir!
    Um abraço!

  11. Adoro esses filmes que são mais polemicos, mas que tratam de assuntos do nosso dia a dia e que muitos não acreditam… Anorexia é um disturbio muito sério e ainda tem gente que trata como se fosse frescura da pessoa…

  12. Eu já estava querendo assistir a este filme, e agora após ler sua opinião a respeito a minha vontade aumentou.
    Vou tentar assisti-lo agora no feriado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *